quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Destruição da família promovida por Marta Suplicy

É essa a Proposta de Emenda à Constituição que a Senadora Marta Suplicy e a Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB estão elaborando para o nosso País.


Principais pontos:
- Acabar com a família tradicional
- Retirar os termos “pai” e “mãe” dos documentos
- Acabar com as festas tradicionais das escolas (dia dos pais, das mães) para “não constranger” os que não fazem parte da família tradicional
- A partir de14 anos, os adolescentes disporão de cirurgia de mudança de sexo custeada pelo SUS
- Cotas nos concursos públicos para homossexuais etc…
Eis o texto:
“A senadora Marta Suplicy (PT-SP) elogiou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), elaborada pela Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que quer ampliar privilégios a indivíduos viciados em práticas homossexuais.
O texto tem a pretensão de introduzir na Constituição todas as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que favoreceram a agenda gay, inclusive a garantia de união estável para duplas homossexuais, com direito à conversão em casamento e adoção de crianças.
De acordo com a agência de notícias do Senado, “a PEC tem como um de seus principais pontos a criminalização da homofobia e estabelece a pena de dois a cinco anos de reclusão para aqueles que praticarem atos de discriminação e preconceito em virtude da orientação sexual de alguém. A mesma punição se estende aos que incitarem o ódio ou pregarem [contra a] orientação sexual ou identidade de gênero”.

Com a aprovação da PEC, a própria Constituição do Brasil se transformará num PLC 122. Mas Suplicy reconhece que a tentativa de transformar a Constituição do Brasil numa constituição anti-“homofobia” certamente enfrentará resistência de “setores como o da igreja”.
A senadora acredita que, estrategicamente, será importante aprovar primeiro o PLC 122/2006, pois sua tramitação está mais avançada, tendo já sido aprovado sorrateiramente na Câmara dos Deputados e restando apenas a votação no Senado. O segundo passo, na avaliação de Marta, é apresentar a PEC, que é uma matéria mais ampla e complexa. “A PEC é bem mais difícil de aprovar. Então, vamos começar com a homofobia e avaliar o momento adequado para fazer uma PEC com essa amplitude, que é realmente o sonho que nós gostaríamos para todo o País”, explicou a senadora à agência do Senado. O Estatuto da Diversidade Sexual conta com 109 artigos, que alteram 132 dispositivos legais. O Estatuto criminaliza a homofobia, reconhece o direito à livre orientação sexual e iguala os direitos fundamentais entre heterossexuais e LGBTs.
O Estatuto da Diversidade Sexual propõe:
Legitimação da PEDOFILIA e outras anormalidades sexuais,
Retirar o termo PAI E MÃE dos documentos,
Começar aos 14 anos os preparativos para a cirurgia de mudança de sexo aos 18 anos (pode começar com hormônios sexuais para preparar o corpo),
Cirurgias de mudança de sexo nos hospitais particulares e no SUS,
Uso de banheiros e vestiários de acordo com a sua opção sexual do dia,
O Kit Gay será desnecessário, pois será dever do professor sempre abordar a diversidade sexual e consequentemente estimular a prática,
Contos infantis que apresentem casais heterossexuais devem ser banidos se também não apresentarem duplas homossexuais travestidas de “casais,
As escolas não podem incentivar a comemoração do Dia dos Pais e das Mães,
Cotas nos concursos públicos para homossexuais assim como já existem para negros no RJ, MS e PR e cotas em empresas privadas com já existe para deficientes físicos,
Casos de pedofilia homossexual irão correr em segredo de justiça,
O Estatuto defende que o Estado é obrigado a investir dinheiro público para homossexuais que querem caros procedimentos de reprodução assistida por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e também o Estado é obrigado a criar delegacias especializadas para o atendimento de denúncias por preconceito sexual contra homossexuais, atendimento privado para exames durante o alistamento militar e assegura a visita íntima em presídios para homossexuais e lésbicas.
Fonte: Repórter de Cristo

terça-feira, 28 de agosto de 2012

O SEGUNDO FILHO DE DEUS: UMA TRAPALHADA DE RENATO ARAGÃO


A mais nova produção do humorista Renato Aragão, de título “O Segundo Filho de Deus”, tem com conteúdo ofensivo ao Cristianismo. O ator, que ficou conhecido por interpretar  Didi Mocó, dos Trapalhões, explicou o roteiro. “Como Jesus veio à Terra e não conseguiu cumprir a sua missão (!), porque os homens não deixaram, Deus resolve mandar um segundo filho. Aí, sim, Ele cumpre a missão.”



O que dizer da proposta deste filme? Ora, é notável que a idéia do enredo está bastante associada à doutrina com a qual Renato Aragão sempre mostrou simpatia: o espiritismo. Vem do espiritismo esta idéia de que o sacrifício de Nosso Senhor Jesus Cristo foi insuficiente, e de que, portanto, seria preciso uma nova “revelação”; vem do espiritismo a noção de que Jesus não era Deus, mas simplesmente um espírito evoluído, sendo, portanto, de pouca importância sua missão nesta Terra. E, embora o teor desta nova produção de Renato não seja explicitamente espírita, é influenciado por uma visão kardecista de redenção que o ator global estrela “O Segundo Filho de Deus”.
Porém, o que mais gera revolta é que este mesmo senhor, que sempre fez propaganda espírita velada em seus programas na Rede Globo e que, agora, decidiu debochar descaradamente da fé cristã , tenha recebido, ainda neste mês, uma homenagem pública, concedida pela nossa CNBB, por “difundir valores cristãos através de suas ações”. E estes supostos “valores cristãos” estariam associados – vejam só! – ao trabalho desenvolvido pelo artista no projeto Criança Esperança. Nossa Conferência Episcopal só se esquece que esta campanha da Rede Globo conta com o apoio indispensável da Unicef, a mesma que financia o aborto de meninas na África.
 Hoje em dia, suas  trapalhadas são  blasfemas e ultrajantes, que deveriam fazer-nos chorar. Um triste fim de carreira para um ator de tanto renome.
Fonte: Repórter de Cristo

QUADRO "A ÚLTIMA CEIA" USADO EM CAMPANHA PUBLICITÁRIA DE GRIFE E PROPAGANDA DE FILME


Personalidades brasileiras participaram de uma campanha publicitária da grife Cavalera representando os apóstolos do quadro A Última Ceia de Leonardo da Vinci. Entre os 12 escolhidos temos os cantores Pitty, Emicida e Sidney Magal.                                          
Outras personalidades convidadas para a campanha chamada de Salvador Rocks foram: Julia Petit, Fernanda Young, Alex Hornest, Regina Guerreiro, Facundo Guerra, Iggor Cavalera, Pedro Neschling, Henrique Fogaça e Viviane Orth.
Todos eles aparecem sentados em uma grande mesa, fazendo poses diferentes e sem olhar para um alvo apenas. No centro não há nenhum personagem representando Jesus Cristo.
“Estou mostrando uma história bíblica, não estou zombando. Ninguém ali é Jesus, mas são deuses em seu universo”, explica Alberto Hiar, diretor criativo da marca.
Para criar a campanha ele pensou em quem seriam os discípulos de Jesus nos dias atuais. “Se Jesus fosse vivo, quem seriam seus apóstolos e conselheiros? Escolhi as pessoas mais legais para uma Santa Ceia, uma síntese da tolerância”.
Recentemente a produção do filme “Os Mercenários 2″ também usou a famosa passagem bíblica da última Ceia como propaganda, colocando na mesa os personagens principais desse filme de ação que estreia no final do mês.
Fonte: Repórter de Cristo, imagens da internet (Google)

sábado, 25 de agosto de 2012

FOTOS DA CAMPANHA "NÓS AMAMOS O IRÃ".

VEJAM FOTOS DA LINDA ICIATIVA DE Ronny Edry e sua esposa Michal Tamir, artistas gráficos de Tel Aviv e saiba mais sobre essa Campanha na postagem com título "Nós amamos o Irã: Israelenses criam campanha online para evitar guerra".Os cartazes contêm mensagens parecidas como: "Iranianos, nós nunca bombardearemos seu país. Nós amamos vocês!"
Nós te amamos Irã e Israel Nós te amamos   Irã e Israel (Israel Loves Iran)









Fim dos tempos e seus sinais.

O Clima está mudando... as consequências estão mais agravantes... e a maioria não está buscando a Deus agora.

O que dirá quando cair sobre suas cabeças... ???
Mas daí...já é tarde.



Os homens definharão de medo, na expectativa dos males que devem sobrevir a toda a terra. As próprias forças dos céus serão abaladas.
                 São Lucas 21, 26

“Nós amamos o Irã”: Israelenses criam campanha online para evitar guerra


Com mensagens pacíficas, iniciativa também obteve apoio de internautas iranianos, um casal israelense iniciou uma campanha em defesa pela paz entre seu país e o Irã, pela internet, que acabou se tornando um sucesso não apenas entre seus compatriotas, mas também obteve apoio de internautas iranianos. 


Arquivo pessoal/Facebook

O objetivo da iniciativa é evitar uma guerra entre os dois países, que tem forte desacordo em torno do programa nuclear iraniano. O governo israelense acredita que os persas estão desenvolvendo mísseis nucleares, com o objetivo de destruir. O governo de Teerã, por sua vez, nea a acusação e afirma que o programa tem fins pacíficos e civis.
Ronny Edry e sua esposa Michal Tamir, artistas gráficos de Tel Aviv, deram o pontapé na campanha em março deste ano, publicando fotos deles ao lado de seus filhos com os dizeres, em inglês: “Iranianos: nós nunca iremos bombardear o seu país. Nós amamos vocês”. A mensagem da foto ainda acrescentava a seguinte mensagem: “Ao povo iraniano, a todos os pais, mães, crianças, irmãos e irmãs, para ocorrer uma guerra entre nós, antes precisamos ter medo e odiar. Não tenho medo de vocês, não odeio vocês. Sequer conheço vocês. Nenhum iraniano jamais me fez mal algum”.
Em poucos dias, a campanha ganhou adesão de milhares de israelenses, que colocaram fotos com outras mensagens de teor pacífico.
O apelo pela paz encontrou eco também em usuários iranianos. Uma das mensagens mais destacadas no Facebook foi da iraniana Pirmadtanha Abdan, que escreveu: “Sou iraniana e amo todas as pessoas, não importando sua origem; tudo o que desejamos é paz, esperemos que nossos políticos entendam isso”.
Abaixo, assista o vídeo que Ronny fez falando da campanha que ele iniciou e que tem causado muita repercussão:

Fonte: navalbrasil

RUMORES DE GUERRA: ISRAEL X IRÃ


Ameaças ao Irã fazem israelenses se prepararem para guerra.

Em Israel, não se fala em outra coisa: o país pode atacar o Irã em setembro ou outubro, antes das eleições americanas, marcadas para 6 de novembro. Enquanto a mídia divulga os preparativos das autoridades para proteger os civis, analistas se questionam sobre um provável blefe do premiê israelense, Benjamin Netanyahu. Estaria Netanyahu instaurando um clima de medo entre a população somente para chamar atenção do governo americano?
Sem ter como saber, a população se pergunta quais seriam os lugares mais seguros em caso de um ataque iraniano, para onde correr quando as bombas começarem a cair, se os aeroportos serão fechados ou quanto tempo demora para chegar um míssil do Irã a Tel Aviv, considerado o alvo principal em caso de uma guerra com o país vizinho. A prefeitura da cidade firmou acordos com 60 estacionamentos subterrâneos particulares, que serão transformados em bunkers se a guerra começar. Espalhados pela cidade, eles têm capacidade para abrigar cerca de 850 mil pessoas.
O Comando da Retaguarda, braço do Exército para a defesa dos civis, também firmou um acordo com as empresas de telefonia móvel, que cederão serviços de mensagens de texto caso comece a guerra. Nesse caso, os residentes receberão alertas para correr para o bunker se forem detectados mísseis disparados contra a região onde se encontra.
De acordo com o Comando da Retaguarda, desde que aumentaram os rumores, duplicou o número de pessoas que recorrem aos centros de distribuição de máscaras de gás. O serviço telefônico de assistência psicológica (Eran) também informa que houve um "aumento significativo" do número de chamadas nas últimas semanas, diretamente decorrente da crescente tensão na qual os habitantes de Israel se encontram.
Divergências
Embora o medo seja uma realidade, analistas preferem trabalhar apenas com probabilidades. Para o veterano jornalista Uri Avnery, acostumado a cobrir questões controversas do Oriente Médio, Israel "não ousará" atacar o Irã sem a concordância dos Estados Unidos; segundo ele, os rumores vazados pelo governo têm o objetivo de "amedrontar o público".

"Netanyahu tem interesse em manter o público em um estado constante de medo", disse Avnery ao Terra. "Desde que aumentaram os rumores sobre uma guerra iminente, os protestos sociais se esvaziaram, o governo aumentou os impostos e não se fala mais sobre a questão palestina", acrescentou.
Já o analista Yossi Melman afirma que um ataque israelense contra o Irã antes das eleições americanas "poderia derrubar Obama". A crise econômica e diplomática que se criaria em decorrência de uma guerra entre Israel e o Irã teria consequências desastrosas para as chances de reeleição do atual presidente americano.
Real ou não, a possibilidade de guerra em setembro ou outubro criou um clima de tensão. Muitos israelenses se perguntam como devem agir se tal guerra começar, pois o risco de um bombardeio seria grande. Não só do Irã, mas de seus aliados. Uma represália do Hezbollah, milícia xiita libanesa financiada e armada pelo governo iraniano, seria um desdobramento óbvio.
Protestos
Mas o medo não chegou a paralisar a população. Com o aumento dos rumores, crescem também iniciativas que tentam frear um possível conflito. Entre eles está um apelo aos pilotos responsáveis por bombardear o Irã. O apelo, assinado por centenas de israelenses, pede que eles se recusem a cumprir a ordem de atacar o país persa.

Outra é uma campanha de israelenses e iranianos no Facebook. Vários internautas postaram fotos com os dizeres "não estou disposto a morrer em sua guerra". Centenas de pessoas também se manifestam diariamente em frente à casa do ministro da Defesa, Ehud Barak, no centro de Tel Aviv, com o slogan "Don't bomb, talk" ("não bombardeie, negocie").
No entanto, Barak já deixou claro que considera os riscos de um ataque preventivo inferiores ao perigo de que o Irã tenha uma bomba atômica. "Se o Irã tiver armas nucleares, a situação será muito mais complexa, complicada e perigosa", disse.
Fonte: terra

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Exposição de personagens infantis protagonizam cenas polêmicas


O artista mexicano Rodolfo Loaiza expõe em Los Angeles (EUA) uma polêmica mostra, intitulada “Disasterland“.

Além de tentar seduzir as crianças ao homossexualismo, as obras induzem a comportamentos contrários a moral cristã, como o uso de drogas e o consumo exagerado de bebidas alcoólicas.
Em uma clara apologia a prática homossexual, as imagens também reproduzem personagens de desenhos infantis da Disney se beijando.
De maneira explícita o artista utiliza os desenhos, fonte de inspiração e fantasia das crianças, para introduzir a homossexualidade como algo natural da essência humana, o que, de fato, é um erro gravíssimo.
Entre as gravuras há beijo gay entre os personagens: Aladdin e Hércules, Úrsula e Malévola, Jafar e Capitão Gancho, além da Rainha de “Branca de neve” cheirando cocaína; e Cinderela raspando a cabeça como a destemperada cantora Britney Spears, conhecida por sua vida envolta em polêmicas.
Fonte: G1

CASAL COLOCA NOME DE RECÉM-NASCIDO DE LÚCIFER.


Na Argentina um casal da região de Cordoba, foi ao cartório de Registro Civil para registrar seu filho recém-nascido, mas teve seu pedido negado, por causa do nome que queriam colocar ‘Lucifer’.

Casal coloca nome de recém-nascido de Lúcifer

Ao chegar no Cartório de Registro, os funcionários ficaram assustados com o nome que os país da criança queriam registra-lo, pois o nome Lucifer, em termos bíblicos é associado com o demônio ou diabo. O pai argumentou aos funcionários dizendo que esse nome deriva de duas palavras latinas “lux” que significa luz e “fero” que significa transportar, sendo que sua verdadeira tradução seria “portador de luz” e disse ainda que na mitologia romana significa “estrela da manhã”, mas mesmo assim o casal teve seu pedido negado.
Segundo a diretora do cartório, Vilma de Cattani, “Lúcifer não se encontra nas listas dos nomes permitidos” e que ofereceram aos pais para escolherem outros nomes.
O homem desistiu de recorrer a Justiça por acreditar que seria “um desperdiço de tempo”, mas assegurou que ainda não sabe que nome registrará o seu filho, ‘mas independente do registro a família o chamara de Lúcifer’, disse o pai.
Segundo o casal, “A escolha do nome Lúcifer foi devido ao gosto pessoal, como outros que gostam de João, Pedro, eu gosto de Lúcifer e não vejo razão para não colocar este nome”, disse o casal ao site Lavoz.
Em entrevista ao jornal San Francisco, disseram que “Não acredito no diabo, por isso não me preocupa que eles possam fazer associação com esse nome. Não acredito na religião”.
Fonte:Internautas de Cristo

CONCURSO GAY NOS EUA ONDE HOMOSSEXUAL SE CARACTERIZA DE JESUS CRISTO.


Há 33 anos o grupo gay “The Sisters of Perpetual Indulgence” (As Irmãs Perpétuas da Indulgência) tem organizado em São Francisco, nos Estados Unidos, um concurso que gera repúdio em muitos cristãos.
Trata-se do Hunky Jesus Contest, um concurso onde homens se vestem como Jesus para disputar qual deles é o “mais gostoso”, desfilam com pouca roupa carregando símbolos do cristianismo como cruz e coroa de espinhos.
Os candidatos desse evento são apresentados por homens vestidos de freiras católicas, o que deixa muitos cristãos americanos indignados. Entre eles Peter Labaerbera que preside uma associação que luta pela preservação da família.
“Este concurso simboliza o desprezo que muitos militantes homossexuais têm de Deus e da religião. Eles fazem chacotas por que são condenados por Deus”, disse ele criticando o evento que acontece justo no domingo de Páscoa.
Mas os organizadores se defendem de críticas como essa afirmando que é apenas uma brincadeira. “Jesus tem senso de humor. Somos uma entidade que arrecada milhões para a caridade. Ajudamos milhões de pessoas com HIV em todo o mundo. Pessoas que são esquecidas pela sociedade cristã”, diz Dana Iquitty, membro “The Sisters of Perpetual Indulgence”. 
Aconteceu no dia Domingo de Páscoa (em abril 2012).
Fonte: Rainha Maria

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

R$ R$ VOCÊ TEM DENTE DE OURO? ASSISTA AO VÍDEO E VEJA PRA ONDE VOCÊ PODE MANDAR R$ R$

CANÇÃO NOVA!
CONTRIBUIÇÃO NOVA!

Obs.: Esse vídeo foi retirado do youtube, mas continuou circulando nas redes sociais da internet com o seguinte título: "Canção Nova tira sarro dos entes falecidos de seus sócios e contribuintes."
Fonte: Gloria.Tv

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

ENCERRAMENTO DAS OLIMPÍADAS DE LONDRES

Se a Cerimônia de Abertura nos brindou com vários símbolos ocultistas da Grã-Bretanha, a Cerimônia de Encerramento prenunciou a Nova Ordem Mundial e quem irá dominá-la.
Três dos personagens principais da série eram homossexuais declarados: Fred Mercury, que apareceu em um holograma gigante, George Michael e David Bowie. Kate Bush cantou uma canção cuja letra se refere a uma garota que quer ser homem. Ao que parece, o mundo novo da “nova era” é andrógino e anti-masculino.
Confira a tradução da música RUNNING UP THAT HILL:

Correndo Colina Acima

"Se eu apenas pudesse, eu estaria subindo aquela colina.
Se eu apenas pudesse, eu estaria subindo aquela colina."


Isso não me machuca.
Quer sentir como é?
Quer saber se isso não me machuca?
Quer ouvir sobre o acordo que estou fazendo?
Você, somos você e eu.


Se eu apenas pudesse,
Eu faria um acordo com Deus,
Faria com que ele nos trocasse de lugar,
Estaria subindo aquela estrada,
Estaria subindo aquela colina,
Estaria subindo aquele prédio.
Se eu apenas pudesse, oh....


Você não quer me machucar,
Mas veja o quão fundo as balas vão.
Sem perceber eu estou te despedaçando.
Ooh, há um trovão em nossos corações.


Existe tanto ódio por aqueles que amamos?
Me diga, nós dois importamos, não é?
Você, somos você e eu.
Somos você e eu, nós não seremos infelizes.


Se eu apenas pudesse,
Eu faria um acordo com Deus,
Faria com que ele nos trocasse de lugar,
Estaria subindo aquela estrada,
Estaria subindo aquela colina,
Estaria subindo aquele prédio.
Se eu apenas pudesse, oh....


Você,
Somos você e eu,
Somos você e eu, nós não seremos infelizes.


"Venha, bebê, venha querido,
Deixe-me roubar esse momento de você agora.
Venha, anjo, venha, venha, querido,
Vamos trocar de experiências, oh..."


Se eu apenas pudesse,
Eu faria um acordo com Deus,
Faria com que ele nos trocasse de lugar,
Estaria subindo aquela estrada,
Estaria subindo aquela colina,
Sem problemas.


Se eu apenas pudesse,
Eu faria um acordo com Deus,
Faria com que ele nos trocasse de lugar,
Estaria subindo aquela estrada,
Estaria subindo aquela colina,
Sem problemas.


Se eu apenas pudesse,
Eu faria um acordo com Deus,
Faria com que ele nos trocasse de lugar,
Estaria subindo aquela estrada,
Estaria subindo aquela colina,
Sem problemas.


Se eu apenas pudesse
Estaria subindo aquela colina
Sem problemas...


"Se eu apenas pudesse, eu estaria subindo aquela colina.
Se eu apenas pudesse, eu estaria subindo aquela colina."

Sem qualquer contexto um estranho polvo apareceu no centro da bandeira britânica. Significariam as armas de longo alcance da liderança da Nova Ordem Mundial?
Annie Lenox no barco dos escravos acompanhada por Lúcifer (o cara com asas negras) foi provavelmente a parte mais assustadora do show-ritual. A cantora estava vestida como alta maga-sacerdotisa em vermelho e preto, com aparência de quem está possuída. Qual o significado das pessoas torturadas dentro do barco? São os dissidentes?

Annie Lenox no barco dos escravos acompanhada por Lúcifer
(o cara com asas negras) foi provavelmente a parte mais assustadora
do show-ritual

A canção de John Lennon Imagine foi também destaque da festa.
Vejam a tradução:

Imagine

Imagine que não há paraíso
É fácil se você tentar
Nenhum inferno abaixo de nós
Acima de nós apenas o céu
Imagine todas as pessoas
Vivendo para o hoje


Imagine não existir países
Não é difícil de fazê-lo
Nada pelo que lutar ou morrer
E nenhuma religião também
Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz


Você pode dizer
Que eu sou um sonhador
Mas eu não sou o único
Eu tenho a esperança de que um dia
você se juntará a nós
E o mundo será como um só


Imagine não existir posses
Me pergunto se você consegue
Sem necessidade de ganância ou fome
Uma irmandade de humana
Imagine todas as pessoas
Compartilhando todo o mundo


Você pode dizer
Que eu sou um sonhador
Mas eu não sou o único
Eu tenho a esperança de que um dia
Você se juntará a nós
E o mundo viverá como um só.

E para mostrar que a coisa já descambou faz tempo —e sem que ninguém se dê conta disso—as Olimpíadas que serão realizadas no Rio de Janeiro, em lugar do Cristo Redentor, cartão postal mundialmente conhecido de nosso país, o que vimos foi a cantora brasileira (Marisa Monte) vestida de Iemanjá, a deusa pagã dos mares, conhecida como Leviatã ou Cthulhu (polvo).
Marisa Monte (Foto: Getty Images)

gran finale foi a conhecida ave mitológica Phoenix, levantando-se do caldeirão de fogo e dominando soberbamente todo o estádio. Ao longe, um pássaro que lembra a águia nazista no estádio de Berlim, em 1936. Tudo isso seguido de uma estranha coreografia ritual com dançarinos vestidos com trajes de fogo.
Finalmente, um homem alado (Phoenix) leva uma mulher a dançar com ele ao som da melodia de explícito teor ocultista: “Rule the World” (“Governar o mundo”): Você ilumina os céus, acima de mim / Uma estrela, tão brilhante, você me cega / Não feche seus olhos / Não desapareça, não desapareça / Sim, você e eu, nós podemos iluminar acima do céu / Se você permanecer ao meu lado / Nós podemos governar o mundo.
A mensagem é clara: Pegue a mão de Lúcifer e venha governar o mundo com ele.

A ave Phoenix no simbolismo moderno representa o “renascimento”,
a “imortalidade” e a “renovação”, palavras-chave no jargão iluminista

Conclusão

Como vemos, um autêntico ritual neopagão/luciferino foi realizado e glorificado euforicamente por bilhões de pessoas do mundo inteiro com ares de entretenimento, esporte e paz entre as nações. Porém, a “falsa paz”, prenunciada pela Santíssima Virgem, que está precedendo o breve advento do anticristo.
Portanto, resta-nos oração e penitência e nos prepararmos para o que vem pela frente. E, o quanto possível, rogando o auxílio da graça de Deus para tentar esclarecer as pessoas mais próximas de nós, mostrando-lhes que tudo está diante dos olhos de qualquer um, basta ter olhos para ver, como disse-nos Jesus.
No exemplo desse formidável e explícito macro culto neopagão/luciferino nada mais se vê do que as falsas luzes do alvorecer da “nova era”, a queda entendida como ascensão de uma humanidade que se autodenomina revolucionária, emancipada e evoluída, mas que a cada dia destrói a si mesma ao desprezar seus reais valores ao voltar deliberadamente suas costas para Deus. 
Outras músicas que fizeram parte do encerramento das Olimpíadas 2012, em Londres:

Bohemian Rhapsody (Queen)

Rapsódia Boêmia

Isso é a vida real?
Isso é só fantasia?
Pego num desmoronamento
Sem poder escapar da realidade


Abra seus olhos
Olhe para o céu e veja
Eu sou apenas um pobre menino,
Eu não preciso de compaixão


Porque eu venho fácil, fácil vou
E possuo altos e baixos
De qualquer jeito que o vento soprar,
Isso realmente não importa pra mim, pra mim


Mamãe, acabei de matar um homem
Coloquei uma arma em sua cabeça
Puxei o gatilho, agora ele está morto
Mamãe, a vida acabou de começar
Mas agora eu joguei tudo fora


Mamãe, oh
Não foi minha intenção te fazer chorar
Se eu não estiver de volta a esta hora amanhã
Continue, continue
Como se nada realmente importasse


Tarde demais, chegou minha hora
Sinto arrepios em minha espinha
Meu corpo está doendo toda hora


Adeus a todos, eu agora tenho que ir
Tenho que deixar todos vocês para trás
E encarar a verdade


Mamãe, oh
Eu não quero morrer
Às vezes eu desejo nunca ter nascido


Eu vejo uma pequena silhueta de um homem
Palhaço, palhaço
Você fará o fandango?
Raios e relâmpagos me assustam muito, muito.


Galileo, Galileo
Galileo, Galileo
Galileo, Fígaro, magnífico;


Mas eu sou apenas um pobre menino e ninguém me ama
Ele é só um pobre menino de uma pobre família
Poupe sua vida desta monstruosidade


Vem fácil, vai fácil, vocês vão me deixar ir?
Em nome de Deus!
Não, nós não o deixaremos ir
Deixe-o ir


Em nome de Deus!
Nós não o deixaremos ir, deixe-o ir
Em nome de Deus!
Nós não o deixaremos ir, deixe-me ir
Não o deixe ir, deixe-me ir, nunca
Nunca te deixaremos ir, deixe-me ir


Nunca deixe-me ir oh
Não, não, não, não, não, não, não


Oh minha mãe, minha mãe,
Minha mãe, deixe-me ir
Belzebu, tem um diabo reservado para mim
Para mim, para mim


Então você acha que pode me apedrejar
E cuspir em meus olhos?
Então você acha que pode me amar
E me deixar pra morrer?


Oh baby, não pode fazer isso comigo, baby
Só tenho que sair
Só tenho que sair logo daqui


Nada realmente importa
Qualquer um pode ver
Nada realmente importa
Nada realmente importa para mim


De qualquer forma o vento sopra.


De George Michael:

Freedom 90 (Liberdade '90)

Não vou te decepcionar
Não vou desistir de você
Tem que ter um pouco de fé no som
É a única coisa boa que tenho
Não vou te decepcionar
Então por favor não desista de mim
Porque eu realmente gostaria de ficar por perto


Deus sabe que eu era apenas um garoto novo
Não sabia o que eu queria ser
Eu fazia a alegria de cada garotinha na escola
E acho que era o suficiente para
Vencer a corrida
Um rosto mais bonito!
Roupas novas e um grande lugar
Na seu canal de rock & roll
Mas hoje em dia eu jogo de outro jeito (de jeito nenhum)
Acho que vou me fazer um pouco feliz


Acho que tem algo que você deve saber
Acho que já é hora de te dizer
Há algo bem dentro de mim
Há outra pessoa que tenho que ser
Pegue de volta sua foto em um porta-retrato
Pegue de volta sua cantoria na chuva
Só espero que você entenda
Às vezes as roupas não fazem o homem


Tudo que temos que fazer agora
É pegar estas mentiras e transformá-las em verdade de algum jeito
Tudo que temos que ver
É que eu não pertenço a você
E você não pertence a mim


Liberdade,
Você tem que dar pra ter o que quer
Liberdade,
Você tem que dar pra ter o que quer


Deus sabe que nos divertimos, cara
Muita diversão, só um amigo e eu
Nós tivemos cada banda da hora na ativa, cara
Estávamos vivendo uma fantasia
Ganhamos a corrida
Saímos daquele lugar, voltei pra casa e arrumei um rosto novo
Para o pessoal da MTV
Mas hoje em dia preciso mudar minha maneira de jogar
Agora vou me fazer um pouco feliz


Acho que tem algo que você deve saber
Acho que já é hora de te dizer
Há algo bem dentro de mim
Há outra pessoa que tenho que ser
Pegue de volta sua foto em um porta-retrato
Pegue de volta sua cantoria na chuva
Só espero que você entenda
Às vezes as roupas não fazem o homem ('o hábito não faz o monge')


Tudo que temos que fazer agora
É pegar estas mentiras e transformá-las em verdade de algum jeito
Tudo que temos que ver
É que eu não pertenço a você
E você não pertence a mim


Liberdade,
Você tem que dar pra ter o que quer
Liberdade,
Você tem que dar pra ter o que quer


Bem, parece a estrada para o paraíso
Mas sinto como se fosse a estrada pro inferno
Quando soube o que era melhor para mim
Tomei controle da situação
Posando pra outra foto
Todos temos que vender
Mas quando você balança sua bunda
Eles notam rápido
E alguns erros não têm conserto


É isso que você ganha


Eu disse que é isso que você ganha


É isso que você ganha por mudar de ideia


E depois de tanto tempo
Só espero que você entenda
Às vezes as roupas
Não fazem o homem


Vou me agarrar à minha liberdade
Pode não ser o que você quer de mim
É assim que tem que ser
Perdi respeito e agora tenho que viver


(tenho que viver, tenho que viver)

Fonte: Repórter de Cristo