segunda-feira, 8 de maio de 2017

ESPECIAL em Comemoração do Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima



Dia 13 de maio de 2017 será a Comemoração do Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima em Portugal aos três pastorzinhos.
O Blog Cruzada Católica, reuniu postagens sobre este assunto já publicados aqui e compartilha com o leitor nessa postagem ESPECIAL.
Vamos meditar cada Mensagem, cada áudio e cada vídeo, para o bem da nossa alma e da nossa salvação!




A Divina Revelação do Inferno a Irmã Lúcia





Pouco se houve falar dos Novíssimos do Homem: MORTE, JUÍZO, INFERNO e PARAÍSO, tão importantes para nossa salvação.

Muitos já não acreditam na existência do inferno e ficam cada vez mais distantes do céu.

Pouco se houve falar da modéstia e castidade, tão necessárias para combatermos o pecado da carne.

Muitos não recorrem à intercessão da Virgem Santíssima e à Confissão para alcançarem o perdão de Nosso Senhor.

O leitor vai ouvir agora o que Irmã Lúcia, a pastorinha de Fátima, relatou sobre a visão do inferno que teve juntamente com Jacinta e Francisco e o que Nossa Senhora de Fátima falou nessa aparição.







*****



Filme para as crianças: 

Aparições de Nossa Senhora de Fátima aos pastorzinhos






*****


Mensagem de 17/03/1996 recebida pelo Confidente Católico 

Bento da Conceição

–Taquaras – Balneário Camboriú –



Santa Catarina - Brasil 


Venho pedindo desde 13 de maio de 1917


Louvado seja o Meu DEUS e vosso também. DEle nós todos dependemos. Minha alma é enriquecida pelas graças que saem de suas mãos a todo momento. O que os meus olhos vêem, a todo instante, é só bondade do seu poder. Não existe vingança. A Sua Divindade é Pura, Imaculada, cheia de raios de luz. Uma força extraordinária sai dEle em direção a tudo que Ele criou. Os Seus olhos são como fontes de água pura e cristalina, que jorra por toda terra em reparação pelos filhos que Lhe obedecem. DEle só sai amor e nada mais.


Bento, Meu filhinho, a segurança de vossas vidas está nas mãos Dele, para que ninguém venha machucá-los. No teu caminho, que leva a Ele, já se formam numerosas pessoas, com o trabalho que vens fazendo; é preciso que segures na mão dessa gente e não as largue mais, é daqui que estão saindo, todas as Suas mensagens e Minhas também, por isto vieste para cá. Então, não há razão de ter medo quem está a serviço de Jesus, Meu Filho, Salvador da humanidade. A tua pessoa, Meu filhinho, é vista no Céu por todos os Anjos e Santos, como um sinal luminoso que fará muitas pessoas enxergarem o caminho que leva a Deus, pela tua dedicação e coragem na permanência deste trabalho. Nenhum mal pode atingir quem faz um serviço deste, como vens fazendo. É preciso, em primeiro lugar, ser santo, senão nada disso poderia acontecer.

Vê a quantidade de assuntos que já escrevestes e vai escrever. Todas as mensagens são de alto valor, porque vêm de cima. O que sai de lá, homem nenhum pode destruir. Ficará sujeito a ter penalidade mais rígida.

Agora, Meu filhinho, como não há mais tempo a perder, declarada serão todas, pelo júri da Igreja, que estas mensagens devem ser lidas por todos os filhos da fé, para dar mais força no seu coração. Muitos estão em dúvida da segunda vinda de Meu Santo Filho que está tão próxima. A conversão tem que ser já. O tempo que resta é muito pouco. O povo não abriu os seus olhos ainda. Só uma minoria está enxergando. Em dado momento, a loucura das drogas e a fome pelo dinheiro, deixam que as coisas de Deus não sejam vistas com mais frequência. Então o castigo aumentará cada vez mais. A violência passará por guerrilhas, e as guerrilhas formar-se-ão numa guerra mundial. Os governantes já estão vendo isto. Por isso muitos deles, de vários países, deram as mãos para acabar com a violência. Só que nada disso vai adiantar porque o diabo já está no comando. Agora, o último tempo dele já foi dado pelo Meu Deus e vosso também. Depois dos últimos atos que ele possa fazer na terra, sumirá daqui para nunca mais aborrecer os planos de Javé.

Meus filhinhos, Eu vossa Mãe Maria, Rainha da Paz, peço que estejam em oração constante. Não se afastem de meu Filho Jesus nem por um minuto. Ele é a vossa segurança. A qualquer momento irão se despencar coisas horríveis e muito tristes. Vede que ninguém mais está livre dos ladrões assassinos. A fome deles cada vez mais aumenta. Tiram o que outros têm mesmo que seja preciso tirar a vida de muitos, como já vem acontecendo.
Então, quem tiver fé e perseverança nas suas orações, Deus o levará. Do contrário, seria um massacre mundial. Olhai, que Eu, Maria, Vossa Mãe, venho pedindo desde o dia 13 de maio de 1917, para voltares ao Meu Filho. Só Ele é que poderá dar a paz nesta terra.
Lede, Meus filhos, os assuntos DEle e o Meu. Não ligar para esses assuntos é perda para suas almas. Minha bênção de Mãe, Rainha do Céu e da Terra.

Maria Santíssima

*****

Trechos de uma pregação com título: 

"Vesti com modéstia e muito pudor, 
olhai como veste a Mãe do Senhor".


*****





O Aviso da Irmã Lúcia


Os últimos tempos do mundo




A Irmã Lúcia de Fátima avisou-nos que estamos nos últimos tempos. Apresentamos aqui extratos das suas declarações ao Padre Agustín Fuentes, na última vez em que pôde falar livremente, antes de funcionários do Vaticano lhe terem dado ordem para não falar sem autorização prévia.


«Senhor Padre, a Santíssima Virgem não me disse que estamos nos últimos tempos do mundo, mas fez-mo compreender por três razões.»



O combate final



«A primeira razão é porque Ela disse-me que o demônio está travando uma batalha decisiva contra a Santíssima Virgem. E uma batalha decisiva é a batalha final, em que um lado será vencedor e o outro lado sofrerá uma derrota. Assim, a partir de agora devemos escolher o nosso lado. Ou somos por Deus ou somos pelo demônio. Não há outra possibilidade.»




Os últimos remédios




«A segunda razão é porque Ela disse aos meus primos, como também a mim, que Deus está a oferecer os dois últimos remédios ao mundo. São eles o Rosário e a devoção ao Imaculado Coração de Maria. São os dois últimos remédios, o que significa que não haverá outros.»




O pecado contra o Espírito Santo




«A terceira razão é porque, nos planos da Divina Providência, Deus esgota todos os outros remédios antes de castigar o mundo. Mas quando Ele vê que o mundo não presta qualquer atenção, então – como dizemos na nossa maneira imperfeita de falar – oferece-nos com ‘temor certo’ o último meio de salvação, a Sua Santíssima Mãe. E é com ‘temor certo’ porque, se desprezarmos e repelirmos este último meio, não teremos mais nenhum perdão do Céu, porque teremos cometido um pecado a que o Evangelho chama pecado contra o Espírito Santo. Este pecado consiste em rejeitar abertamente, com pleno conhecimento e consentimento do ato, a salvação que Ele nos oferece. Recordemos que Jesus Cristo é um Filho muito dedicado, e que não permite que ofendamos e desprezemos a Sua Santíssima Mãe. Ao longo de muitos séculos da história da Igreja, recolhemos o testemunho certo que demonstra, através dos castigos terríveis que caíram sobre os que atacaram a honra da Sua Santíssima Mãe, como Nosso Senhor Jesus Cristo sempre defendeu a honra da Sua Mãe.»




Oração e sacrifício, e o Santo Rosário





«A Irmã Lúcia disse-me: Os dois meios para a salvação do mundo são a oração e o sacrifício.

«Sobre o Santo Rosário, a Irmã Lúcia disse: Repare, Senhor Padre, que a Santíssima Virgem, nestes últimos tempos em que vivemos, deu uma nova eficácia à recitação do Rosário. E deu-nos esta eficácia de tal maneira que não há problema temporal ou espiritual, por mais difícil que seja, na vida pessoal de cada um de nós, das nossas famílias, das famílias do mundo ou das comunidades religiosas, ou mesmo da vida dos povos e nações, que não possa ser resolvido pelo Rosário. Não há problema, afirmo-lhe, por mais difícil que seja, que não possamos resolver rezando o Rosário.

Com o Rosário, salvar-nos-emos. Santificar-nos-emos. Consolaremos a Nosso Senhor e obteremos a salvação de muitas almas.»




Devoção ao Imaculado Coração de Maria




«Finalmente, a devoção ao Imaculado Coração de Maria, nossa Mãe Santíssima, consiste em considerá-La como fonte de misericórdia, de bondade e de perdão, e como a porta segura pela qual entraremos no Céu.»




A urgência da conversão


«A Irmã Lúcia também me disse: Senhor Padre, não devemos esperar que venha de Roma, da parte do Santo Padre, um apelo ao mundo para fazer penitência. Nem devemos esperar que o apelo à penitência venha dos nossos Bispos nas nossas dioceses, nem das congregações religiosas. Não! Nosso Senhor já usou muitas vezes esses meios e o mundo não prestou atenção. É por isso que agora é necessário que cada um de nós


comece a reformar-se espiritualmente. Cada pessoa deve não só salvar a sua alma como também todas as almas Deus lhe colocou no caminho ...»


«O demônio faz tudo o que pode para nos distrair e nos levar o amor à oração; seremos salvos todos juntos ou seremos condenados todos juntos.»




A missão da Irmã Lúcia




«Senhor Padre, a minha missão não é indicar ao mundo os castigos materiais que decerto virão sobre a terra, se antes o mundo não fizer oração e penitência. Não! A minha missão é indicar a todos o perigo iminente em que estamos de perder para sempre a nossa alma, se persistirmos em continuar agarrados ao pecado.»




«Ninguém presta atenção»



«Senhor Padre, a Santíssima Virgem está muito triste por ninguém




fazer caso da Sua Mensagem, nem os bons nem os maus: os bons, porque continuam no seu caminho de bondade, mas sem fazer caso desta Mensagem; os maus, porque, não vendo que o castigo de Deus já paira sobre eles por causa dos seus pecados, continuam também no seu caminho de maldade, sem fazerem caso da Mensagem. Mas creia-me, Senhor Padre, Deus vai castigar o mundo, e vai castigá-lo de uma maneira tremenda. O castigo do Céu está iminente.



*****




Homilia sobre Nossa Senhora de Fátima 13/05/14

com Padre Rômulo





*****

Música: Coroação de Nossa Senhora






Hino à Nossa Senhora de Fátima




Acesse: A Palavra Viva de Deus
Postar um comentário